Ladrilho Hidráulico, história e arte

Adoro uma história pra contar na decoração e ladrilho hidráulico é pura história cheia de arte!

1-tudo-sobre-ladrilho-hidraulico-decortiles
Ladrilhos Decortiles by Calu Fontes – AMO!!!

Ladrilho hidráulico é um revestimento fabricado artesanalmente à base de cimento, usado em pisos e paredes. As peças nunca são completamente iguais, têm diferenças de espessura e tom, imperfeições, que tornam cada uma única.

Sua coloração meio ‘desbotada’ bem característica e seus grafismos, dão um ar nostálgico de afeto com memória, bem estilo Casa Prosa!

ladrilho hidráulico

Meus pezinhos no piso Palácio Catete – Rio de Janeiro

Dá um trabalhão fazer cada peça, sabia? O ladrilho hidráulico continua sendo fabricado um a um até hoje. Daí o preço mais elevado.

Nos últimos tempos, vem ganhando desenhos lindos e atuais feitos por designers e artistas bacanas, criando efeitos superdescolados.

ladrilho hidráulico
Desenho da artista plástica Calu Fontes para a marca Decortiles

Vem comigo conhecer um pouco mais, ver algumas dicas décor e quem sabe adotar este revestimento incrível na sua casa! Ah, e te conto o porquê do “sobrenome” hidráulico 😉

 

UM POUCO DA HISTÓRIA DO LADRILHO HIDRÁULICO

A inspiração do ladrilho hidráulico vem lá da arte dos mosaicos do Império Bizantino (entre os anos o 476 e 1453). Na forma atual, o ladrilho foi apresentado ao mundo em 1867 na Exposição Universal de Arte e Indústria, em Paris, como a cerâmica que não precisava de queima, uma alternativa ao mármore.

A novidade se espalhou rapidamente por ser uma peça decorativa e muito resistente.

No Brasil, as primeiras peças chegaram importadas de Portugal, da França e da Bélgica. No final do século XIX, começaram a ser instaladas aqui as primeiras fábricas por imigrantes.

Com o surgimento das cerâmicas e, mais tarde, do porcelanato, o ladrilho hidráulico ficou meio esquecido.

Porém, nos anos de 1990, com a valorização do patrimônio histórico e a necessidade de peças para serem substituídas, algumas fábricas retomaram suas atividades. E a valorização da memória afetiva trouxe de volta os ladrilhos para as casas.

Até hoje, continuam sendo produzidos um a um da mesma maneira artesanal como há mais de um século.

COMO É PRODUZIDO

  • Um molde de metal é feito para cada desenho, além da forma, ele separa as cores.
  • Cada cor é colocada individualmente no molde a partir de uma massa líquida, que contém pigmentos à base de óxido de ferro, pó de mármore e cimento branco. O molde não deixa as cores se misturarem!!!!
  • Retira-se o molde, a superfície colorida é coberta com uma mistura seca e, logo após, uma úmida.
  • O ladrilho é comprimido em uma prensa hidráulica.
  • Depois de sair da prensa, descansa por 24 horas, quando é submergido na água, ficando de molho entre 8 e 10 horas a fim de hidratar a massa seca e eliminar imperfeições. Deste mergulho, vem o nome hidráulico 😉
  • Finalmente, os ladrilhos ficam por 4 semanas à sombra para terminar a cristalização do cimento, após este período, estarão prontos para serem encaixotados e enviados aos clientes.
ladrilho hidráulico
Molde de metal
ladrilho hidráulico
Derramando cores líquidas no molde

Aqui tem o link para um vídeo pra você ver os verdadeiros artistas em ação, mas só vai lá depois, tá? Aqui no fim, tem um garimpo de peças lindas pra você se inspirar!

ONDE USAR

Os ladrilhos hidráulicos podem ser usados em piso e parede de áreas internas e externas. Ficam ótimos em cozinhas, salas, quartos e banheiros. A única restrição fica por conta de áreas molhadas como o box do banheiro.

ladrilho hidráulico
No tampo da mesa – Foto: Decortiles – Ateliê Calu Fontes

 

ladrilho hidráulico
Foto: Architectural Digest

COMO APLICAR (IMPORTANTE!)

Curtiu o visual e a história toda por trás do ladrilho hidráulico e quer colocar em casa?

Ótima escolha! O ladrilho hidráulico pode durar uns 50 anos, mas requer cuidados na aplicação, portanto, contrate mão de obra especializada.

Como você viu, é uma peça artesanal, portanto, apresenta diferenças que podem interferir no assentamento que é feito com junta seca sobre um contrapiso muito bem nivelado e, em alguns casos, impermeabilizado para proteção das peças. Só um profissional experiente poderá avaliar tudo para que o piso não fique torto.

ladrilho hidráulico
Processo artesanal e diferenças nas peças finais – Foto: Decortiles

Neste link aqui da Decortiles, você pode baixar um arquivo com detalhes que permitem uma conversa de igual pra igual com o profissional.

Pra finalizar, é essencial fazer um acabamento com resina, que cria uma camada protetora, facilitando a limpeza e a manutenção. Sem isto, há risco de manchas, pois o material poroso pode absorver oleosidade e umidade.

Uma recomendação de resina para uso interno é a Pisoclean PSC (à base d’água encontrada nas versões fosca e brilhante) e para áreas externas, a Pisoclean Resina (base solvente com acabamentos fosco e brilhante).

Se precisar guardar as peças, deixe-as na vertical (face a face) e sem contato direto com o chão. Não exponha o seu ladrilho à chuva ou umidade.

ladrilho hidráulico
Foto: Ladriminas

COMO MANTER E LIMPAR

A manutenção é bem simples com um pano úmido e, no máximo, detergente neutro (aquele transparente de lavar louças) – nada de produtos químicos à base de ácido muriático ou água sanitária, que podem manchar, cuidado!

A impermeabilização deve ser renovada a cada 3 ou 5 anos.

ladrilho hidráulico
Foto: Decortiles

 

carimbo-gde-dicas

 

 

 

 

 

Se você acha que pode ficar cansativo ao olhar, o ladrilho hidráulico pode ser mesclado com outros elementos rústicos, como madeira ou cimento queimado, valorizando sua história sem banalizar.

ladrilho hidráulico
Foto: Archlovers

Os desenhos geométricos do ladrilho hidráulico conferem profundidade ao ambiente.

Olha que bacana esse efeito, em que o revestimento é aplicado na parede principal e segue pelo teto ou pelo piso.

 peq_banheiro_insta

Alternativa: porcelanatos com desenhos parecidos, são resistentes, sem riscos na manutenção e têm preço mais baixo.

Porcelanato Linha Vila Madá - Portobello
Porcelanato Linha Vila Madá – Portobello

CARIMBO GARIMPO

 

 

 

 

 

E aí, teve alguma grande ideia? Onde você poderia colocar o ladrilho hidráulico na sua casa?

Ainda tem alguma dúvida? Me conta nos comentários!

P.S.: No próximo post, vou precisar de sua ajuda para escolher ladrilho para um projeto décor, topa ser decoradora por uns minutos?!? 😉

Fica mais um pouco! Você vai gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *