Marrocos para quem ama décor

Garimpo décor no Marrocos

A VIAGEM DOS SONHOS TAMBÉM INSPIRA SUA DECORAÇÃO

Sim, já falei por aqui que esta é uma das perguntas da entrevista “Seu décor em prosa”, que faz parte da metodologia que criei para os projetos on line CASA PROSA DÉCOR.

Mesmo que você não se dê conta, um sonho de viagem diz muito sobre sua personalidade, suas cores, seu estilo.

Se você acompanha o Instagram do CASA PROSA DÉCOR (ainda não?!? Clica aqui porque tem inspiração diária), deve ter visto que acabei de voltar da minha viagem dos sonhos para o Marrocos!

Foram dez dias e quase 1.500 km de norte a sul, cada região com sua peculiaridade, história e paisagens.

Vimos deserto, neve, montanhas, caos urbano. Amei tudo e cada detalhe inspira!

Vai render muito assunto e dicas por aqui porque vou mostrar que é um verdadeiro paraíso, pra quem ama decoração como eu: novas combinações de cores, misturas inusitadas de estampas, modos de viver diferentes, artesanato, aromas e texturas por todos os lados.

Tem que ter o olhar atento e sensível!

Ah e uma dose extra de paciência também se você quiser trazer recuerdos décor desta incrível viagem: caso ainda não conheça a fama dos marroquinos, saiba que tudo lá tem que ser negociado desde peças mínimas até as mais caras. Etiquetas de preço não existem!

Confesso que não curti muito esta parte e até teria comprado mais coisas não fosse por este detalhe chato. Mas é um traço cultural, que deve ser respeitado e, no geral, eles acabam sendo simpáticos. Meu marido foi até se empolgando na arte da negociação: fizemos uma boa dupla: eu escolhia, ele barganhava 😉

MARROCOS & COMPRAS: COMEÇO DE PROSA 

Bom, vou começar esta série de posts sobre o Marrocos pelo fim: as peças décor que trouxe na bagagem pra deixar você com água na boca!

Alguns pontos pra iniciar nossa prosa e colocar todos na mesma página:

  • A mistura de povos e culturas é um traço marcante: os berberes (palavra que vem do árabe e significa “homens livres”) fazem parte da população local original e mantêm suas tradições e língua até hoje. Depois, vieram os árabes e o resultado riquíssimo desta mistura podemos ver na variedade artesanal, comidas e no modo de viver.
Chá entre tapetes!
 Já vou adiantar o “modus operandi” das compras: normalmente somos convidados a conhecer como acontece a produção artesanal das especialidades locais, o que é muito interessante! Depois, conversa vai, conversa vem, oferecem o famoso chá de menta e aí começa a parte chata de tentar forçar a venda (mostram o que querem vender, não necessariamente o que você quer…). Chato é, mas faz parte da cultura local e cada lugar que visitamos aprendemos e nos encantamos um pouco mais. É só ter um pouco de sangue frio – admito que me irritou bastante no início, mas, sabendo antes, você pode preparar o espírito!

Cada cidade ou região do Marrocos tem sua especialidade, então, se gostar de algo, melhor comprar logo, pois é possível que não encontre em outro lugar. Alguns exemplos: ferro, cestos de linha colorida em Marrakech, bronze, cerâmica, couro, tecidos de seda e algodão em Fès, ferro incrustrado em ferro e bordados em Mèknes pra mencionar alguns.

Marrocos
Luminárias coloridas em Marrakech
Marrocos
Tapetes na medina de Chefchaouen

Tapetes estão em todas as partes com diferentes técnicas e materiais, que podem ser seda, lã de ovelha ou camelo, desenhos mais gráficos com símbolos berberes (povo originário do norte da África) ou mais clássicos. Os de seda são incríveis ao toque, mas caríssimos!

  • Você já deve ter ouvido falar que as medinas (as cidades antigas muradas dentro das cidades) são verdadeiros labirintos, portanto, mais uma vez, o conselho: se gostar de algo, compre na hora pois encontrar o mesmo lugar novamente pode ser um desafio.

    Marrocos
    Uma espiada na medina de Mèknes
  • Eles sempre mostram como fica uma embalagem para viagem para o turista não ficar com medo de levar: compacta e bem protegida. Trouxemos dois tapetes e pequenas peças de cerâmica sem traumas😉
  • Nos souks (mercados dentro das medinas), tem muita coisa “made in China”, olho atento!

Sabia que a franja em apenas um dos lados do tapete indica que ele foi feito à mão? 😉

E cada um leva uma média de dois meses para ficar prontos, normalmente com desenhos únicos, feitos a partir da memória de quem está tecendo.

Olha como o tapete fica no tear manual, a franja é um arremate no final:

Marrocos

MEU GARIMPO DÉCOR NO MARROCOS 

Agora, ao meu garimpo!

marrocos
Tapete, bolsa e babuche chegando em casa…

Vou confessar que fiz algumas aquisições inusitadas…

METAIS PARA BANHEIRO

Sim! Trouxe uma torneira, um porta-papel higiênico e itens afins…hahaha!

Desde que cheguei lá, fiquei enlouquecida com os banheiros, fotografava cada detalhe. Eis que, na medina de Marrakech, encontro todas as peças à venda, ouro envelhecido martelado. Claro que tinha que comprar!!!!

Marrocos

Serão incentivos para que eu finalmente faça a reforma do meu banheiro. Aliás, já viu o post com o projeto? Está aqui ó, vem ser designer de interiores por um dia e dar sua opinião.

LUMINÁRIA DE BRONZE 

O efeito destas luminárias é simplesmente incrível! Mas elas são caras, as de bronze um pouquinho menos do que as de prata.

Esta já está na minha sala, mas ainda vou fazer alguns acertos na decoração para recebe-la à altura. Olha só que clima incrível!

Além desta, tipo abajur, há pendentes, arandelas, porta-velas…. Eu queria tudo!

Marrocos
Bem na minha sala!

PUFE DE COURO

Cores mil com tingimento natural!!! Não vou mentir, apesar de o verde vibrante ter sido amor à primeira vista, cheira muito mal… Aliás, alguém tem alguma dica para acabar com isto?

Bom mencionar que o pufe vem sem enchimento, claro (e o meu assim continua, nada é perfeito!)

Marrocos

PERFUMES PARA AMBIENTES

Por falar em mau cheiro, essas pedras são deliciosos perfumes para ambientes e baratinhas 😉

Marrocos
Perfumando a sala!

BABUCHE

Por todos os lados!!! Comprei uma de couro no curtume de Fès porque faz parte da tradição berbere usar a amarela (tingida de açafrão) em casa. Gosto de levar estes pedacinhos de história para casa!

TEJINES DE CERÂMICA PINTADAS À MÃO

Me sentindo a própria Rita Lobo com minhas tejines lindas e coloridas de cerâmica feitas à mão em Fès.

Pra quem não sabe, tejine é a panela marroquina, onde eles cozinham tudo e mantêm quentinho com a tampa (até comida de rua é servida nelas) – há diversos tamanhos inclusive para usar como charmoso porta-temperos. Rita Lobo coloca sal 😉

Marrocos
Minhas tejines já encontraram seu lugar na cozinha

BOLSA DE PALHA BORDADA À MÃO

Apesar de palha ter aos montes por aqui, não resisti aos formatos e bordados à mão destas bolsas, na Praça das Èpices (Especiarias) na medina de Marrakech – escolhi a cor e a frase e ela fez na hora.

Marrocos

TAPETES, CLARO!

Como falei, a “metodologia” de venda estava meio estressante pra minha indecisão libriana, já tinha até desistido de comprar um tapete.

Mas, no meio do deserto, visitamos o Ksar Ait Ben-Haddou, no Vale do Ounila (caminho para Marrakech) – o ksar é um agrupamento de casas feitas de adobe, onde ainda vivem alguns resistentes berberes – vai se acostumando com termos 😉

Fomos convidados a conhecer a casa do nosso guia berbere por dentro e tomar um chá, muito legal! Agora, adivinha?!? A família do nosso guia fazia tapetes! Hahaha!

Marrocos
Tear usado pela família
Marrocos
Sala casa berbere: só tapetes e almofadas. Quero uma assim!

Acabamos levando não um, mas dois tapetes!!! Foi uma forma bem mais pessoal e simpática de comprar, não teria conseguido em uma loja.

Aliás, me identifiquei mais com as formas geométricas da arte berbere nos tapetes, cada uma com seu significado (lembrar cada um é outra história…). Minhas escolhas já se acomodando em casa:

Marrocos

 

Mais das minhas fotos inspiração de comprinhas desejo às quais resisti:

Marrocos
Cestos de linha – Marrakech

 

Marrocos

Marrocos

Marrocos
Cadeira de ferro, puro design! – Marrakech

Marrocos

Marrocos

Marrocos
“Tetera” para fazer e servir o chá
Marrocos
Copinhos para o chá
Marrocos
Azeitonas em tamanhos inacreditáveis expostas com arte!

 

Marrocos
Especiarias na medida de Mèknes

Marrocos

Tem muito mais, mas paro por aqui.

Por mim, minha casa viraria uma tenda marroquina de tanto que amei cada detalhe!

Já está pensando em escrever ‘Marrocos’ na sua lista de viagens dos sonhos?

Estou preparando vários posts com dicas e inspirações com meu olhar sobre cores, detalhes e o viver.

Me conta nos comentários o que você gostaria de saber sobre o Marrocos.

Ah e assina a news pra não perder os próximos posts.

Fica mais um pouco! Você vai gostar...

2 comentários em “Garimpo décor no Marrocos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *