Guia Prático com 12 dicas

Mudança é casa em transformação

Mudança é casa em transformação   

E lá se foi um ano da minha mudança de Niterói pra Brasília.

Eu vejo poesia na mudança: momento de fragilidade também…

Desde então, tinha separado dicas que foram úteis e super funcionais na hora de organizar a mudança na prática.

Pesquisei, conversei com amigas e trago aqui um resumo do que funcionou pra mim.

 Claro, que coloquei criatividade no processo e vou deixar um  PRESENTE PRA VOCÊ: 

   O MATERIAL QUE CRIEI PRA ORGANIZAR CAIXAS   

mudança

No material prontinho pra imprimir, você vai encontrar:

  • IDENTIFICADORES DE CAIXAS
  • INVENTÁRIO DE CAIXAS – conteúdo de cada uma
  • SINALIZADORES DE PORTAS DE CADA CÔMODO PRA USAR NA CHEGADA DA MUDANÇA

O link tá lá no final 😉

Foi uma ajuda imensa pra reduzir o estresse no dia da mudança, sem contar que colocou alegria nesse momento caótico.

 

MUDANÇA: GUIA PRÁTICO COM 12 DICAS

 

1. COMECE CEDO

Não procrastine! Quanto antes você começar, menos estressante fica.

Seu ponto de partida será a PESQUISA DE EMPRESAS.

A temporada de mudanças costuma se concentrar de dezembro a março, portanto, se sua mudança acontecer neste período, antecipe-se pra garantir um bom serviço!

2. SOBRE A EMPRESA DE MUDANÇA

  • De preferência, comece sua pesquisa junto a amigos e conhecidos, que tenham utilizado este tipo de serviço recentemente.
  • Já prepare uma lista com seus principais móveis –fotos e medidas.

Aliás, vou deixar MINHA PLANILHA EXCEL AQUI PRA VOCÊ BAIXAR. Isto agiliza orçamentos online.

Depois, saiba que, para efeito de seguro, você deverá colocar valor em cada peça –  trata-se da quantia que você receberá caso o móvel seja extraviado, por exemplo. Você paga normalmente 1% sobre o valor total que declarar.

Se quiser, vai adiantando isso e já fica livre.

  • Desmontagem e montagem de móveis – verifique se a empresa presta este tipo de serviço ou se você terá que contratar por fora. Normalmente, eles desmontam móveis soltos e simples, mas não marcenaria fixa.
  • Nesse contato inicial com as empresas de mudança, você já pode ir avaliando agilidade de resposta, prazos, condições de seguro, tipo de embalagem.
  • GUARDA-MÓVEIS – algumas empresas oferecem guarda-móveis, o que pode ser interessante caso haja algum risco na entrega da sua casa nova. Eu precisei usar e super funcionou!
  • Antes de sua decisão final, olhe o site RECLAMEAQUI sobre antecedentes e soluções propostas pela empresa para eventuais problemas.
  • SEGURO – veja qual é seguradora e não deixe de fazer!

 

3. DESTRALHE

O destralhe deveria ser prática cotidiana em casa, mas, caso não seja, comece a fazer esta triagem com a máxima antecedência, assim você consegue dar um destino para o que vai embora: doação, venda, descarte.

Olha que eu achava que estava tudo certo em casa porque tenho este hábito, mas, na hora da mudança, as coisas pareciam brotar!

   NÃO FUNCIONA:

  • Destralhar durante o encaixotamento – seu foco será outro!
  • Levar a tralha pra casa nova com a ideia de fazer a triagem lá – você pagará para que a empresa transporte bobagem (a cobrança é por m3!)

Precisa de uma ajuda pra desapegar?

O passo “R” (REVISÃO DE ESPAÇO) do ROTEIRO CASA DE VIVER 2021 contém um  GUIA DE PERGUNTAS que vai te ajudar, clica pra baixar o seu.

Tem o caminho RACIONAL e o EMOCIONAL, escolha o seu!

4. SOBRE SUA CASA ATUAL

  • Caso more em prédio, cheque horários e dias para mudança, avise a equipe (síndico, zelador, porteiro) e se informe sobre local pra estacionar o caminhão.
  • Medidas de elevador e portas x seus móveis maiores = cabem? Passam direitinho pelas portas? Será necessário usar escadas ou içamento? Isto precisa ser avisado à empresa de mudança, pois eleva o custo. Talvez seja determinante também pra você definir se leva ou não algo.
  • Data para cancelamento ou transferência das contas de água, luz, gás, internet, tv a cabo, devolução de equipamentos etc.

 

5. SOBRE A NOVA CASA

  • O mesmo sobre os horários, regras do novo condomínio, além do descarte posterior das caixas.
  • Cuidado também com feiras e afins que podem dificultar o acesso à rua.
  • Medidas do elevador e portas x seus móveis maiores.
  • Conversa com moradores é sempre útil pra pegar dicas sobre comércio local, transporte, escolas, diarista. Aproveitei demais a experiência da moradora que estava deixando o imóvel pra onde vim!
  • Voltagem elétrica – especialmente se você está mudando de cidade.

 

6. DISTRIBUIÇÃO DOS MÓVEIS NA NOVA CASA – LAYOUT

Seus móveis cabem na nova casa? Onde ficará cada um deles?

 Uma amiga ignorou esta etapa e acabou levando móveis que não cabiam…

Para evitar isto, proponho um EXERCÍCIO CRIATIVO E SIMPLES, que vale também pra quem quer mudar os móveis de lugar no mesmo endereço 😉

 Desenhar a planta em escala, desenhar e recortar os móveis maiores e começar a dança deles pela casa até chegar a uma solução.

Vá tirando fotos das suas composições pra comparar e divirta-se. Aqui estão os meus:

mudança

mudança

Essa é a hora boa de exercitar sua criatividade e dar novas funções a seus móveis, fazer com que eles passeiem pelos cômodos traz novos ares pro que talvez você já estivesse cansada de ver.

Com este planejamento prévio, você consegue:

  • definir e pesquisar compras de móveis que eventualmente sejam necessários.
  • mandar cada móvel pro seu destino certo no dia da mudança sem precisar carregar nada depois.

Esta parte deu tão certo que a maioria das peças que comprei que chegou junto com a mudança  

P.S.: Se você não for da turma analógica, alguns apps podem te ajudar na missão.

 

Um pouco dos novos papeis assumidos pelos meus móveis:

As cadeiras com três pés da varanda se espalharam pela casa e seu design ganhou o devido destaque!

mudança

Já minha cama gigante de marcenaria não veio…

Achamos que poderia estragá-la o montar/desmontar (não tem encaixes), então, comprei uma baratinha, que é bi-partida e posso usar de outras formas depois.

Taí uma coisa pra considerar lá atrás na hora de planejar a marcenaria…

mudança

Outro trambolho era a base do futon da sala também de marcenaria.

Fiz o mesmo: a original branca ficou e comprei uma baratex:

mudança

Meu quarto ganhou um cantinho gostoso com tapete, poltrona e pufe que estavam na sala e a luminária de Trancoso que morava na antiga varanda:

E assim foi tudo passeando e ganhando novos ares. Amei esta experiência   

7. DESPENSA

Vá desacelerando as compras no supermercado especialmente de itens congelados e perecíveis.

 

8. ENCAIXOTANDO

Na tentativa de encurtar o dia D da mudança, preferi embalar muita coisa antes.

  • CAIXAS E FITAS ADESIVAS – pedi pra empresa antecipar uma quantidade. Você também pode conseguir caixas extras em supermercados, por exemplo, ou comprá-las em home centers.
  • OBJETOS FRÁGEIS dentro das caixas: envolva cada um com plástico bolha e finalize com papel pardo, mais duro, além de não deixar espaços vazios pras peças não balançarem.
  • Use toalhas de banho e lençóis para criar uma base mais “fofa” no fundo das caixas com PEÇAS DELICADAS.
  • ROUPAS: melhor colocá-las em malas ou envolver em lençóis se tiver que usar caixas.
  • Cuidado para NÃO SOBRECARREGAR AS CAIXAS, além de dificultar o transporte, elas podem se romper.

 

MATERIAL DE IDENTIFICAÇÃO DE CAIXAS, CÔMODOS E INVENTÁRIO

Agora, entra em cena meu super material!

Deixei todas as CAIXAS IDENTIFICADAS e o conteúdo de cada uma delas detalhado no INVENTÁRIO.

TÁ TUDO AQUI PRA VOCÊ, É SÓ CLICAR:

mudança organizada

Nunca se sabe quando você vai precisar de algo que está em uma das dezenas de caixas…

Além do mais, fez o fluxo das caixas seguir lindamente na chegada da mudança ao destino.

mudança

mudança

A equipe não precisava ficar perguntando pra onde ia cada caixa, pelas cores, eles já sabiam!

mudança

mudança

9. CAIXA SALVA-VIDAS ou ÚLTIMA A ENTRAR, PRIMEIRA A SAIR

Dica preciosa de uma amiga!

Esta caixa com seu “kit básico de sobrevivência” é a última a entrar no caminhão de mudança e a primeira a sair.

Basicamente, contém o que você pode precisar no dia da mudança:

  • Material de limpeza – detergente, esponja, pano de prato, aspirador de pó, material de limpeza básico.
  • Tesouras, estiletes para abrir caixas, fita crepe
  • Prato, talher, copo para cada morador
  • Papel higiênico
  • Tolhas de banho e rosto
  • Muda de roupa, modelito “mudança”, chinelo, pijama, itens de higiene pessoal

Essas são algumas ideias pra te ajudar a pensar.

É importante que ela esteja bem identificada, de preferência, com uma cor bem diferente.

10. GELADEIRA

Super importante! Li em vários lugares a recomendação de esvaziar a geladeira  um dia antes da mudança, limpar e deixar secar com a porta aberta. Adivinha?!?  Esqueci!

Eles deixaram pra fechar a geladeira por último, mas, quando abrimos no novo destino, estava mofada por dentro e deu um trabalhão pra limpar. Fica a dica!

 

11. SERVIÇOS E INSTALAÇÕES

Tome as providências pra ligar água, gás, luz e afins.

Além de contratar profissionais para instalações como ar condicionado, aquecedor, gás, liste antes o que será necessário.

 

12. RECEBENDO A MUDANÇA NA CASA NOVA

  • Compre material de limpeza e dê uma geral no espaço. Se tiver armários, já deixe todos limpinhos por dentro prontos pra receber o que está chegando. Você pode contratar uma diarista para isto.
  • Abasteça a despensa com lanchinhos práticos e principalmente muita água!
  • Crie “centrais” com água, lanchinhos e material de embalagem, que sempre deve ser devolvido pro mesmo local. Assim, ninguém se perde em meio às caixas. Isto vale também para o dia de saída chegada das caixas .

mudança

No dia em que a mudança desembarcar, você vai perceber a diferença de ter tudo organizadinho!

Cada caixa no seu cômodo e você vai simplesmente priorizar quais abrir.

Caixas despachadas… Só alegria!

MAS CONTINUA…

Nada como VIVER O ESPAÇO.

Por mais que você tenha pensado em todos os detalhes, observe como a rotina está fluindo e que adaptações você precisa fazer.

Casa viva é gerúndio, sempre em transformação!

eu mesma…hahaha!

Olha este exemplo de mudança no quarto da minha filha em apenas alguns meses:

Como a escrivaninha dela não estava sendo usada (a escola se instalou no escritório), criei um cantinho relax pra ela e eu ganhei um novo local de trabalho super inspirador  

 

Pra fechar o tema mudança com sensibilidade, deixo os links de dois vídeos do canal do querido LUFE, que mostram a mudança da artista plástica Fabiana Queiroga de uma casa com quintal em Goiânia pra um apê alugado bem menor mas charmoso em São Paulo.

Com muita delicadeza, tinta, plantas e suas obras incríveis, ela mostra como deu novas funções pros móveis que já tinha.

Não deixe de ver! Dá até uma leveza a esse momento estressante que é se enfiar em uma mudança.

Aqui em casa, as coisas andam muito!

Fabiana Queiroga, artista plástica

Aliás, coisas que andam pela casa precisam ser multifuncionais e tem um post aqui com 7 peças coringas, clica aqui pra ver.

Quem sabe não inspira mudanças por aí também ?!?

Me conta!

 

Deixe uma resposta