Programa Casa Leve

Tarefa 9: BRINQUEDOS

Estamos bem perto do fim do PROGRAMA CASA LEVE 2017!

Como você está se saindo? Muito curiosa pra saber se este roteiro está servindo pra te incentivar!

Eu sei que falar em “organização de casa” soa sempre pesado e chato, mas o objetivo deste programa com 12 tarefas é mostrar que isto pode sim ser divertido, leve e extremamente recompensador depois.

Pra não perder nada segue o resumo dos nossos passos até aqui:

TAREFA 1 – GAVETA SEM TRALHA, UMA POR DIA

TAREFA 2 – CAIXA DE SAÍDA

TAREFA 3 – SUA LISTA DE PROJETOS

TAREFA 4 – ARMÁRIO SEM CULPA

TAREFA 5 – SALA E COZINHA SOB NOVO OLHAR

TAREFA 6 – VISITA AOS ESQUECIDOS

TAREFA 7 – BANHEIRO

TAREFA 8 – PAREDE LOUSA

Brinquedos multiplicam-se como gremlins e, se deixar, tomam conta da casa!

Então, é chegado o momento de atacá-los!

Se você NÃO tem crianças em casa…

Que tal hoje promover um encontro entre amigos que você não vê há um tempo?

Já que está na onda de curtir sua casa, vai ser muito bom experimentá-la de forma diferente.

ENCHA A CASA DE AMIGOS NÃO DE COISAS 😉

 organização de casa

Voltemos aos brinquedos! Minha sugestão: envolva seus pequenos donos nesta tarefa.

Fazendo isto de forma divertida e prazerosa (como você tem feito no restante da casa nestes últimos dias), já é um gesto de educação que vai te poupar de problemas lá na frente.

Desapego, solidariedade, organização são alguns dos valores transmitidos em ações simples como essas.

Pronta pra começar?

carimbo-exercicio

TAREFA 9

OS BRINQUEDOS

PREPARAÇÃO

As crianças também merecem algo especial para este trabalho, né? Façam juntas um suco bem refrescante ou preparem uma taça de sorvete, coloquem uma música bem animada e mãos à obra!

Prepare sua CAIXA DE SAÍDA e um saco de lixo e mãos à obra!

TEMPO

Vale o mesmo de sempre! Insisto neste ponto porque, se não fizer isto, ficará o mês inteirinho só enfiada na organização de casa e vai odiar o assunto pra sempre.

GUIA PRA AJUDAR NA SELEÇÃO 

  • Se os brinquedos estão guardados em lugares diversos da casa, é chegada a hora de tirar todos da toca, espalhar no chão e, enquanto faz a triagem, repensar estes locais.
  • O ideal é centralizar tudo em um só lugar, de preferência, perto de onde costumam ser usados – este detalhe faz toda a diferença, pois facilita demais para que voltem ao devido lugar 😉 Além disso, a escritora best seller Marie Kondo costuma alertar que coisas semelhantes guardadas em lugares diversos correm o risco de serem esquecidas. Mas, nas dicas finais, vou te mostrar que essa regra pode ser quebrada, mantendo-se organização e estilo, claro!
  • TRIAGEM: a pergunta base da Marie Kondo “Isso me traz alegria?” vale aqui também. Ajude as crianças nessa interpretação.

Que brinquedos vão para sua CAIXA DE SAÍDA?

  Intocados nos últimos seis meses

  Não mais adequados à faixa etária da criança

  Que precisem de um reparo fácil

  Com peças faltando

Neste último caso, pode até ser divertido fazer a peça: uma carta de jogo, pintar a pecinha da cor que falta…use a imaginação! Se ainda gostar do brinquedo, ele fica, se não, vai para doação, mas completinho  

  • Lembre-se que nossa CAIXA DE SAÍDA é uma “quarentena”, então, pode se arrepender e pegar de volta depois. O que permanecer nela, pode ser doado.
  • O que estiver quebrado, feio, cheio de peças faltando vai direto para o LIXO mesmo. Doar assim não vale, né?   A última leva de Barbies saiu daqui de casa penteada e lindamente vestida 😉
  • Isto tudo vale para os LIVROS INFANTIS também.
  • Meninas costumam ter BOLSINHAS e ACESSÓRIOS MIL que vão deixando de ser usados com o tempo. Dá pra montar kits com pulseiras, anéis, arcos e afins dentro de cada bolsa e doar.
  • DESAPEGO SEMPRE: não se prenda demais a lembranças do tipo “este foi o primeiro presente dado por não sei quem”, tire fotos, registre de alguma outra maneira – muitas vezes, o adulto é mais apegado a este tipo de coisa! Brinquedos podem ser grandes e seguir esta linha de pensamento é certeza de juntar tralha em casa. Espaço que poderia estar livre para novas experiências, avalie bem!

AGRUPANDO O QUE FICA

Definidos os brinquedos que ficam, é hora de agrupar os semelhantes: bonecas, pelúcias, dinossauros, lego, carrinhos, jogos etc.

Guarde em caixas diferentes de acordo com seu tipo, com etiquetas para que as crianças saibam onde guardar depois.

Se elas não souberem ler, desenhe o tipo de brinquedo na caixa – elas podem até ajudar nesta tarefa.

Olha o exemplo destas gavetas de roupas, com desenhos feitos pela própria dona com adesivo contact:

IMG_5916

Contact preto tipo lousa também fica legal, dá para desenhar, escrever, o que envolve a criança:

img_5912

dica-cp

Falei que, no caso dos brinquedos, poderia quebrar a regra de concentrar tudo no mesmo lugar –se a casa não tem um quarto específico de brinquedos, isto fica meio difícil mesmo.

Então, você pode pensar em alternativas próximas ao local de uso.

Exemplos: jogos na sala, fantasias no quarto, material de arte na varanda, maquininhas de fazer sorvete, pipoca, massa, na cozinha…

Faço assim em casa, mas uso cestos ou móveis integrados à decoração do cômodo e de fácil acesso. Não vai colocar aquelas caixas organizadoras enormes na sala, né????

Os jogos estão dentro desta estante na porta mais baixa, logo ao lado do tapete da sala, onde costumamos jogar:

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Estes baús charmosos contêm fantasias, que geram altas produções teatrais por aqui!

2014-10-20 15.22.16

O cesto na varanda tem material de pintura.

IMG_3648

MAIS DICAS SOBRE ORGANIZAR E GUARDAR BRINQUEDOS

As dicas a seguir estão no E-BOOK “CASA COM PROSA DE CRIANÇA – 5 passos para um décor com estilo e  amigo das crianças”, já conhece?

resumo-kids

É só deixar seu e-mail aqui, assinar a news e baixar grátis 

BAÚS,CESTOS & CIA.

BAÚS são fundamentais em um ambiente infantil: no início, armazenam fraldas que, depois, dão lugar aos brinquedos. Com rodízios de silicone (para não riscar o piso), a brincadeira ganha mobilidade e a arrumação também 😉

Este baú com rodinhas e almofadas é um banquinho, quando fechado:

IMG_5934

IMG_5935

CESTOS pela casa garantem organização com muito charme!

cesto brinquedo

Cachepôs e pufes tipo baú também são aliados multiuso. Escolha um material integrado à decoração: uma caixa de plástico transparente cheia de brinquedos no meio da sala não vai ficar legal…

A vantagem deste tipo de recurso é que facilita o guardar: é só jogar tudo dentro e a bagunça some no ato!

DIVERSÃO AO GUARDAR

Que tal puxar um carrinho pela casa recolhendo os brinquedos?!? Acho que pode funcionar, não?

carrinho organização

Já vimos que guardar tem que ser fácil. Agora, se você conseguir adicionar um toque de brincadeira, terá um resultado nota dez!

Invente um jeito divertido que funcione para seus filhos, mas não recolha a bagunça por eles ou terá que fazer isto eternamente!

BRINQUEDOS NA DECORAÇÃO

O que não é visto não é lembrado! A máxima vale também para os brinquedos. Então, que tal aproveitá-los na decoração?

Brinquedos enfeitam, evitam compras de enfeites e dão início a uma brincadeira legal a qualquer momento!

IMG_5943

Faça uma seleção por cor ou tipo para garantir alguma unidade e não ficar com cara bagunçada.

Brinquedos que usam água podem enfeitar o banheiro das crianças.

Cabaninhas são sonhos, que podem virar aconchegantes cantinhos de leitura.

cabaninha leitura

É isto por hoje, estamos na reta final.

E aí, acha que dá pra fazer? Adoro essa atividade que pode virar um momento muito legal de aprendizado para todos.

Me conta nos comentários como foi!

Fica mais um pouco! Você vai gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *