Seu Pinterest

DA TELINHA PARA A VIDA REAL, CONSEGUE?!?

Se você gosta de decoração, provavelmente deve ter uma coleção de revistas com páginas marcadas ou uma seleção imensa de fotos no Pinterest.

Aliás, antes da existência do Pinterest eu já mantinha um fichário com recortes de revistas que me ajudaram muito na decoração de casa – era incrível, mesmo não saindo com o fichário embaixo do braço, eu ficava com as referências na cabeça e acabava comprando coisas que estavam na minha coleção de recortes sem nem me dar conta.  Prova de que este tipo de prática ajuda demais!

Mas já viu essa piadinha de definição do Pinterest que rolou há um tempo?

Criação Rafael Capanema - BuzzFeed
Criação Rafael Capanema – BuzzFeed

Pois é, uma das minhas bandeiras aqui é não deixar que isso aconteça com você!

Vamos continuar sonhando sim, mas vamos começar a traçar o caminho, um passo de cada vez, para tirar estas imagens da telinha e trazê-las para a realidade da sua casa.

Colecionar inspiração é bem legal porque…

  • Você se reconecta com seu e estilo e gostos pessoais – sugiro inclusive não se restringir à decoração, mas paisagens, lugares, moda, cores, enfim, coisas que chamem sua atenção, tudo ajuda!

  • Não deixa ninguém colocar você em caixinhas de estilos pré-definidos. Você vai ganhar a segurança de saber que você não é “clássica” ou “moderna”, e sim uma boa mistura de tudo!

Mas se você de fato pretende fazer algo na vida real, é importante começar a organizar e analisar sua coleção. Ficar pinando indiscriminadamente ambientes tão diversos em estilos, cores, materiais, não vai te levar para a realização.

Já tem uma boa base?!?

Para, respira e mergulha nela para tirar conclusões e partir para a ação!

Vou te ajudar com mais um exercício prático (adoro!), que vai ser um primeiro passo – já propus algo semelhante no post DECORAÇÃO AUTORAL: UM MERGULHO NO SEU JEITO DE SER!   

♥MÃOS À OBRA!♥

Reserve um tempinho e, com calma, entre na sua base de imagens e siga os passos a seguir:

  • Triagem: olhe suas imagens uma por uma e exclua aquelas que já não parecem tão legais neste segundo olhar.
  • Análise minuciosa com registro da conclusão: depois, passe por todas as que ficaram, avaliando quais são os pontos em comum. A ideia é um encontrar o que costumo chamar de “fio condutor” das suas escolhas: natureza? Uma cor específica? Mistura de texturas ou cores? Tome nota das suas observações, pois elas ajudarão a guiar seu projeto décor. Tente eleger uma imagem como principal, tudo pode virar base para a escolha de cores e texturas!

Se você prefere o exercício em um formato lindinho, é só baixar e imprimir clicando no link a seguir:

Exercício SEU FIO CONDUTOR DÉCOR

Descobriu seu “fio condutor” décor?  Conta pra gente nos comentários qual foi e como foi sua experiência!

Ah e quem ainda não começou no viciante mundo do Pinterest, me segue por lá, que tem muita inspiração que uso nos meus projetos. É só clicar aqui.

 

P.S.: mostro que é possível! Um projeto em que estou tirando o meu Pinterest da telinha para a vida real 😉

Fica mais um pouco! Você vai gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *