10 Dicas & 2 Regras Quebradas

DECORAÇÃO DE AMBIENTES PEQUENOS

Decoração de ambientes pequenos é um tema recorrente.

Não posso deixar de falar, pois apartamentos compactos são uma realidade cada vez mais evidente nas grandes cidades.

Mas, como já contei aqui, meu lance é conhecer as regras pra te ajudar a quebrá-las, então, vamos lá!

metrica_fb

Algumas coisas não têm muito como fugir, mas se você ama cores, por exemplo, não faz o menor sentido viver sem elas, concorda? Vou te mostrar um jeito de tê-las por perto 😉

Vou te contar como a decoração de ambientes pequenos pode sair do script tradicional.

E tem garimpo em lojas online de peças bacanas para espaços pequenos vibrarem. Tá no final do post, segue junto até lá!

 

1.TUDO COMEÇA COM DESAPEGO E UM BOM PLANO DÉCOR 

Dessa parte, tendo espaço grande ou pequeno, ninguém pode fugir…

Desapego é o passo zero! Recomendo a leitura rapidinha do livro da “A Mágica da Arrumação” da Marie Kondo – basicamente você deixa ir o que já não te dá mais alegria, pode até ter funcionado muito no passado, mas já cumpriu seu papel… Fica tão mais fácil ver assim!

Pouco espaço não combina com muita coisa 😉

sem1post5a

Depois, você parte para o planejamento décor.

O risco de sair comprando sem ter a visão do todo definida em um  plano mínimo, é chegar a uma decoração confusa, sem pé nem cabeça.

Sem contar a questão das medidas, crucial para a decoração de ambientes pequenos.

Já pensou??? Aquele sofá que era incrível na loja e parecia dar direitinho na sua sala, bloqueou a entrada pra cozinha :/

Neste post aqui, te dou o caminho das pedras para você criar seu plano profissional, vai lá olhar depois.

A partir dele, você vai avaliar medidas, cores e móveis necessários.

Recomendo também um olhar carinhoso pra tudo o que você já tem: móveis podem ser pintados, trocados de ambiente e ganharem nova vida e nova função 😉

dica-cp

Plano feito, não saia de casa sem ele e uma pequena trena para medir tudo: nunca se sabe quando aquela mesa linda pode cruzar o seu caminho 😉

2. DECORAÇÃO DE AMBIENTES PEQUENOS TEM QUE SER BRANCA – Regra quebrada!

Pra mim, branco é monótono! Eu, que gosto de uma casa que conta história, não posso com uma decoração asséptica, minimalista, sinto muito… Cor é personalidade!

Tá certo que cores claras ampliam ambientes, mas se o espaço tiver uma boa iluminação natural, pode soltar suas cores.

decoração de ambientes pequenos
Foto: Studio Roca

Ajuda também usar móveis da mesma cor ou dentro da mesma família das cores usadas nas paredes.

decoração de ambientes pequenos
Cinza na parede + cinza sofá – Foto: Mariana Orsi – Carolina Ouro Arquitetura

Outra possibilidade muito usada é manter uma base clara com pontos marcantes de cor em móveis e acessórios.

decoração de ambientes pequenos
Base neutra + pontos de cor – Foto: Minha Casa

Tons de cinzas tão contemporâneos, beges, madeira clara são exemplos de neutros ampliadores que escapam da mesmice.

decoração de ambientes pequenos
Base neutra bege com variação de texturas – Foto: Decorfacil

dica-cp

A chave é não bloquear a entrada de luz com cortinas pesadas, por exemplo. Luz natural amplia sempre. Cor, sob luz natural, brilha e traz vida!

decoração de ambientes pequenos
Cortina leve = luz!
Foto: Decorfacil

3. INTEGRAÇÃO DE AMBIENTES

Quanto menos paredes, melhor!

Um projeto de decoração bacana, que faça tudo conversar, fica moderno, funcional e você não se sente em um cubículo.

Olha só este apartamento montado pelo site Casa de Valentina na exposição High Design 2016, em São Paulo. Estive lá e conferi tudo de perto, 45 m² em um pequeno lounge lindo!

decoração de ambientes pequenos
Tudo junto e misturado integrado pelo décor: quarto, sala, cozinha e varanda – Foto: Julia Ribeiro – Casa de Valentina

dica-cp

Se quiser delimitar algum ambiente, use tapetes.

Uma divisão vertical é possível desde que o elemento seja vazado, deixando passar a luz. Integração é isso: deixar passar luz!

4. MARCENARIA PERSONALIZADA

Sem dúvida, o foco de investimento na decoração de ambientes pequenos deve ser a marcenaria.

Bem planejada, ela aproveita cada cantinho e facilita rotina dos moradores. Reforçando a importância do plano inicial que ajuda a refletir sobre sua rotina e necessidades para tudo fluir sem dificuldades.

Há também ótima opções de modulados feitos sob medida – é só escolher um acabamento bacana e desenhos diferentes pra fugir daquela “cara de hotel”.

Móveis soltos não costumam ser bons otimizadores de espaço.

decoração de ambientes pequenos
Aparador envolve o sofá
Foto: Apartment Therapy

 

decoração de ambientes pequenos
Banco sob janela com armazenamento Foto: ClickInteriores

 

decoração de ambientes pequenos
Foto: dcoração
decoração de ambientes pequenos
Aproveitamento sob janela
Foto: Casa Atelier

5. ESCOLHA CONVENCIONAL DE MÓVEIS– regra quebrada!

Desapegue das formalidades!

Sabe aquela coisa de que uma casa TEM QUE TER mesa de jantar?

A sala de estar TEM QUE TER sofá, poltrona, mesa de centro???

Pois é, SAI DO AUTOMÁTICO e ESQUECE TUDO!!!

Pensa em VOCÊ, na sua rotina e desejos que você gostaria de incluir nesse novo ambiente.

decoração de ambientes pequenos
Cantinho sonho!
Foto: Apartment Therapy
decoração de ambientes pequenos
Pufes como mesinhas – Foto: Westwing

Há tempos o conceito de morar vem mudando e o legal é criar cômodos e cantinhos que atendam seu estilo de vida.

Por que uma mesa de jantar se você não tem o hábito de receber?

Decoração de ambientes pequenos é a melhor situação para fazer este exercício.

decoração de ambientes pequenos
Rede na sala!  Quando não está sendo usada, é só recolher.
Foto: Arquitrecos

dica-cp

É a hora de pensar naquele seu cantinho especial para ler ou ouvir música: uma poltrona, uma luminária e a mágica acontece!

Mesa de centro?

Nem pensar…  Prefira mesinhas laterais, fáceis de circular pela casa e assumir outros papéis como um banco, por exemplo.

decoração de ambientes pequenos
Banquinho vira pequena mesa Foto: Arquitrecos

6. MÓVEIS MULTIFUNCIONAIS, PEQUENOS e MAGRINHOS

Ao escolher o mobiliário, olhe para cada peça pensando em pelo menos duas outras funções que ela possa ter além da óbvia.

Uma dica já dei: substituir a mesa de centro por mesinhas laterais, bancos ou pufes com bandeja.

Podem se espalhar pela casa pra receber amigos como apoio de copos ou assentos extras.

decoração de ambientes pequenos
Mesinhas para compor e espalhar + Poltrona “magra”
Foto: Programa Decora-GNT

Móveis com rodízios são superpráticos e passeiam por diversas funções. Amo a versatilidade de carrinhos!

decoração de ambientes pequenos
Carrinho multiuso – Foto: Paper&Stitch

Poltronas e sofás mais com braços e pés mais finos deixam o ambiente mais leve.

decoração de ambientes pequenos
Sofá de visual levinho, longe do piso –  Foto: dcoração

dica-cp

Móveis afastados do chão, com pés mais altos e finos, são ótimas escolhas na decoração de ambientes pequenos, pois deixam rodapés à vista, o que confere sensação de profundidade.

Por falar nisto, opte por sofás pouco profundos pra não comprometer a circulação – normalmente sofás têm entre 85 a 100 cm de profundidade, com 75 cm, você tem conforto e não atrapalha. Se você gosta de se esparramar, um pufe resolve.

A tradicional poltrona pode sair de cena e ser substituída por uma cadeira “magrinha” com design legal.

decoração de ambientes pequenos
Cadeira bacana substitui a poltrona ganhando espaço – Foto Counting Stones Sheep

Baús, além de serem charmosos, funcionam como mesa e guardam coisas 😉

Um banco inteiro ou sofá entram no lugar de cadeiras na mesa de jantar, poupando espaço de circulação. Este banco ainda pode ser um baú, ganhando armazenamento extra 😉

decoração de ambientes pequenos
Cantinho de jantar supereconômico em espaço! – Foto: Living Gazette

7. VERTICALIZAÇÃO, PAREDE FUNCIONAL

Não tem espaço no chão?

Sua decoração pode literalmente subir pelas paredes: prateleiras estreitas ou aquelas rentes ao teto, ganchos, use a criatividade e ganhe espaço para organizar suas coisas em qualquer ambiente.

decoração de ambientes pequenos
Colares viram arte na parede
decoração de ambientes pequenos
Na cozinha

dica-cp

Com quartos cada vez mais apertados, mesas de cabeceira verticais na parede são excelentes opções – ocupam pouco espaço, mas ao mesmo tempo têm um peso visual para manter certa proporção com a cama.

decoração de ambientes pequenos
Cabeceira vertical ocupa pouco espaço – Foto: Better Homes

 

8. PISO TAMBÉM AJUDA A CRESCER O ESPAÇO, SABIA?

Pois é, usar o mesmo revestimento no piso de todos os ambientes promove integração e aumenta visualmente o espaço. Para definir cada ambiente, você pode usar tapetes.

Por falar neles (adoro!), os de estampas gráficas são excelentes alongadores na decoração de ambientes pequenos. Neste caso, listras ou o famoso chevron devem ser colocados no sentido que se deseja ampliar visualmente.

decoração de ambientes pequenos

Tapete com listras na diagonal faz crescer – Foto: SFGirlbyBay

decoração de ambientes pequenos

A estampa chevron colocada no sentido mais estreito da sala, amplia o visual – Foto: Casa de Valentina

Esta mesma ideia vale para a paginação do piso – só vale lembrar que paginação diagonal de piso consome um pouco mais de material 😉

 9. PORTAS DE CORRER

Na decoração de ambientes pequenos, cada centímetro ganho deve ser comemorado e as portas de correr são grandes aliadas!

A ideia pode ser usada em qualquer cômodo: box de banheiro, guarda-roupas, buffets, armários de cozinha e onde mais você precisar economizar uns centímetros.

decoração de ambientes pequenos
Porta de correr confere privacidade ao dormir – Foto: An Ordinary Woman

Para abrir uma porta de armário normal, você precisa deixar pelo menos 60 cm livres na frente, o que não é necessário quando a porta é de correr (só cuidado se tiver gavetas, elas precisam de espaço que garanta sua abertura total).

No caso do guarda-roupas, a porta espelhada torna-se funcional e ainda ajuda a ampliar o ambiente.

10. ESPELHOS, O VELHO TRUQUE…

Este é o truque mais antigo e funciona principalmente se ficar numa posição que traga a luz de fora refletindo para um ponto mais escuro.

Colocar um abajur perto do espelho também tem efeito mágico parecido.

Espelho traz luminosidade, profundidade e também alguma poluição visual…  Sim! Portanto, tome alguns cuidados:

  • Com a imagem que será refletida 😉 Já vi um projeto com espelho instalado em frente à TV, uma loucura, a pessoa deve ficar tonta sem saber pra onde olhar… Ou já imaginou o vizinho dentro da sua casa trazido pelo reflexo do espelho?!?
  • Com espelho na parede toda da sala de jantar: duplica pés de mesas e cadeiras e cria uma imagem confusa!

dica-cp

Acho mais atual a ideia de uma composição com modelos variados.

decoração de ambientes pequenos
Composição de espelhos

Sei que há inúmeros outros truques para crescer visualmente um espaço e não tenho a intenção de esgotar o assunto.

Mas qual truque você já testou e comprovou na decoração de ambientes pequenos?

Conta pra gente nos comentários!

CARIMBO GARIMPO

MÓVEIS E ACESSÓRIOS BACANAS PARA SEU PEQUENO ESPAÇO

 

cabrio2l_enrc-tokstok

SOFÁ CABRIOLÉ 2 LUGARES

Dimensões:

L 155 x A 87 x P 76 cm

na TOK&STOK

ZINCO CARRINHO BAR

Dimensões:

L 65,6 x A 80 x P 41,5 cm

na TOK&STOK 

tapete-zigzag-sao-carlos

Tapete Herat Zig Zag – Tapetes São Carlos

Dimensões:

100 x 150cm ou 150x 200cm

Tapetes na Web

 Mesa Lateral Nhack – Fleck  Dimensões: L 65 x A 62 X P 65 cm                                                   nas LOJAS AMERICANAS

Poltrona Acapulco

Poltrona Acapulco

Dimensões:

L 75 x A 87 x P 93 cm

na DESMOBILIA

 

Fica mais um pouco! Você vai gostar...

Deixe uma resposta